Asma Grave

No Dia Mundial da Asma,
nasce “INSPIRAREXPIRAR a primeira plataforma digital focada em inspirar as pessoas com asma grave a recuperarem o controlo da sua doença. Aqui, poderás encontrar toda a informação necessária para que possas voltar a Inspirar e Expirar a plenos pulmões.

Desafio aceite? Navega pelo website e prepara-te para todas as novidades que aí vêm!

Juntos inspiramos um amanhã
melhor.

Dia Mundial da Asma
3 de maio de 2022

Conhece a iniciativa!

Quais os sintomas e causas da asma?

icone tosse

A asma é diagnosticada quando se apresentam sintomas respiratórios característicos1 como

Tosse

Quais os sintomas e causas da asma?

icone pulmão

A asma é diagnosticada quando se apresentam sintomas respiratórios característicos1 como

Sensação de
peso no peito

Quais os sintomas e causas da asma?

icone respiração

A asma é diagnosticada quando se apresentam sintomas respiratórios característicos1 como

Respiração
curta e rápida

Quais os sintomas e causas da asma?

icone pieira

A asma é diagnosticada quando se apresentam sintomas respiratórios característicos1 como

Pieira

A asma é caracterizada por uma inflamação crónica das vias respiratórias, com sintomas, níveis de gravidade e tratamentos diferentes.1

Sintomas da Asma

O que é asma grave?

Entre 5 a 10% dos casos de asma são
graves.1

Quem tem asma grave pode não
reconhecer que a sua doença se
enquadra nesta categoria, e quem não
vive com esta patologia pode não ter a
correta perceção da sua gravidade.

Qual o impacto da asma ?
Como é feito o controlo?

Uso da medicação
Além do impacto na vida quotidiana das próprias pessoas e dos que a rodeiam, a asma está associada a custos diretos, como internamentos e medicação, e custos indiretos, como dias de trabalho perdidos ou baixa produtividade.2
Sintomas a persistir
Atualmente, já existem tratamentos que permitem melhorar a qualidade de vida das pessoas com asma grave. Porém, quando os sintomas não estão bem controlados, podem persistir e manifestar-se frequentemente (as chamadas exacerbações).1,3
Gestão da doença
A asma grave não controlada requer uma gestão da doença a longo-prazo, com foco na redução dos sintomas, das exacerbações e do uso excessivo de corticosteroides orais, e na melhoria da função pulmonar e da qualidade de vida.1

Como se diagnostica?

A gravidade da asma é avaliada com base no nível de tratamento necessário para controlar os sintomas e as exacerbações.1

Para tal, consulte um médico especialista.

Badge Pneumologista
Pneumologista
Badge Imunoalergologista
Imunoalergologista

O que diz a ciência?

Nunca antes a Medicina e a Ciência tiveram tantos conhecimentos sobre o que está na base da asma grave, abrindo o caminho a novas possibilidades de controlo desta doença.

icone computador

Perspetiva futura

O mundo da investigação está empenhado em tentar agir o mais rápido possível para reduzir a inflamação. Para esse fim, os objetivos para ajudar os doentes a controlar a asma incluem7:

• Obter um bom controlo dos sintomas
• Manter um nível normal de atividade quotidiana
• Melhorar a respiração (função pulmonar)
• Reduzir os eventos adversos do tratamento

icone pulmão

Função pulmonar

A inflamação do tipo 2 causa frequentemente a obstrução das vias respiratórias, a broncoconstrição e a produção de muco, podendo colocar em risco a função pulmonar, contribuindo para o risco de futuras exacerbações e controlo fraco dos sintomas.6

icone ambulância

Comorbilidades

A inflamação do tipo 2 pode ainda contribuir para desencadear outras complicações conhecidas como comorbilidades (rinossinusite crónica com polipose nasal, rinite alérgica, alergias alimentares, esofagite eosinofílica e dermatite atópica).4,5